The X Factor Denmark 2017: S10E07 – Bootcamp

DEN2017_Bootcamp1Nesta Sexta-Feira (10), tivemos o BOOTCAMP da décima temporada do The X Factor Denmark. Esse ano o painel de jurados é composto por Thomas Blachman, Remee e Mette Lindberg; E o comando do show fica por conta de Sofie Linde Lauridsen.

Quem será que se juntará a nomes como Emilie Esther, Basim, Amanda Pedersen e Citybois no mercado dinamarquês? Acompanhe aqui no The X Factor Brasil a jornada do novo vencedor!

ATENÇÃO: The X Factor Denmark NÃO apresenta exibição no Brasil, portanto o único modo de acompanhar o reality show é pelos vídeos e site oficial do programa. Nós do The X Factor Brasil não possuímos nenhum vínculo comercial com o reality show – seja com os criadores ou com sua exibição no país.

Aqui no site os episódios são em forma de recaps, feita pelo Legey, onde vocês podem concordar ou não com a sua opinião, mas sempre sabendo respeitar. E claro, que você também está convidado a deixar seus comentários aqui no post, sua opinião sempre será bem vinda.

Acompanhe conosco também em nossas redes sociais, siga nossos perfis no Twitter (@XFactorBrasil) e no Facebook (facebook.com/XFactorBrasil). Participe também do Grupo The X Factor Brasil no Facebook (facebook.com/groups/thexfactorbrasil) Lá, estaremos divulgando tudo, além de poder conversar com outros fãs do programa. Então reúna todos os amigos para frente do computador e divirta-se!

MELHORES MOMENTOS

Finalmente, é hora de passarmos pela última etapa antes dos Live Shows. Nessa semana, o Top 15 se apresentou para os jurados na esperança de fazerem parte dos 9 finalistas a irem para os Live Shows. Para o DK, essa etapa se chama “Bootcamp”, mas, pra quem tá acostumado com o UK, é a mesma coisa que a Judge’s House.

Assim que o programa começa, vemos Mette e Remee indo para o local onde os participantes lutarão pela vaga no Top 9. No entanto, Blachman está em outro carro, porque precisou fazer um desvio. Ele revela que se arrependeu de uma eliminação e pediu para os outros dois jurados para deixá-lo trazer alguém de volta. E quem ele traz? Martin. AAAAAAAAAAAFF. O PIOR act da categoria dele e ele traz de volta? Certo que ele vai arrastar esse infeliz até os lives. O que tinha tudo pra ser a melhor categoria tá ficando uma merda.

Sem enrolação, vamos logo pras apresentações porque o episódio foi corridíssimo e nosso recap vai ser igual. Primeiro, os velhos:

Samanta Gomez – “Love on the Brain” (Rihanna)

Olha, depois do Remee cometer o absurdo de eliminar a Linea, único act interessante dele, eu não vou admitir se a Samanta não foi pros Lives. A voz dela é linda e fiquei surpreso ouvindo esse outro lado dela. Até meio diva, né? Haha Adorei a escolha da música e achei a apresentação bem digna. É uma pena que se ela for pros Lives é bem capaz de sair na primeira semana, mas eu acho ela muito competente e queria ver mais dela.

Libbi – “I’m Not The Only One” (Sam Smith)

Ai, eu acho ela fofa, mas desde a audition acho que ela ficou mais na promessa. A voz é bonitinha, mas eu sempre termino pensando “ela merece passar porque tem potencial e pode melhorar” e ela sempre fica na mesma. Achei a versão estranha e não sei se combinou muito com o timbre dela. Eu ainda acho que fica entre ela e Samanta e, sinceramente, eu prefiro a Samanta.

Mike Beck – “A Song For You” (Leon Russel)

Ai, gente, a música mais cafona da face da Terra. Esse cara me cansa, porque ele é o perfilzão clichê do cara com voz medíocre e comum que canta música romântica e tem ZERO apelo comercial, mas que arrastam nesse tipo de programa. Danny Gokey feelings. Eu espero que ele não passe, mas a categoria tá tão ruim, que nem sei quem prefiro indo no lugar dele kkkk

Morten Nørgaard – “Everything” (Michael Bublé)

Mano, ele tem um timbre lindoooo. Mas só. Ele não tem carisma, não tem empolgação, não tem look, não tem NADA interessante além do timbre. Claro, dado a categoria porcaria, eu aprovaria ele sem pensar duas vezes, mas não quero ele nem perto da final.

Anders – “Chandelier” (Sia)

Olha, com 2017 eu esperava que parassem de cantar essa música saturadíssima. Mas esse mala tá aí pra me fazer ter mais ódio dele HAHAHAHAHA Ele é péssimo, feio, chato, sem graça e ainda fez uma apresentação horrível. Já é a segunda vez que ele vem com uns falsetes que NO BABY NO. GTFO logo.

Depois dos velhos, é a vez dos grupos, que deveriam ter ficado pro final porque são claramente a melhor categoria com a melhor mentora. Vamos prosseguir:

Southside – “You Remind Me” (Usher)

Haushuahsuhaush Complicado. Foi difícil ouvir até o fim. Eles são feios, sem energia e nada carismáticos, então porque tão sendo arrastado mesmo cantando mal? Ninguém sabe. Mas Mette é iluminada e não vai levá-los aos lives, eu acredito.

Lasse & Nanna – “Rise” (Katy Perry)

Ai, olha, esse menino estraga a dupla hahaha A Nanna tem uma voz lindaaaaaa, mas o menino canta pelo nariz pelo visto, de tão anasalada a voz é. Fiquei chateado porque acho que a Nanna tem potencial grande sozinha, mas tá com esse garoto junto arrastando ela pra baixo. Espero que sejam eliminados e ela volte solo ano que vem #JoelleFeelings

VKation – “Ordinary People” (John Legend)

Sem dúvida são o melhor grupo com boys, mas mesmo assim acho bem fraquinhos. Não tem star quality, né? As vozes são bonitas, mas eles são tão bland e esquecíveis. Levaria pros lives só porque os outros grupos que já comentei são mais fracos, mas não quero eles indo longe não. As irmãs e as girlpower são muito melhores.

Ladies With Attitude – “All of Me” (John Legend)

Isso é John Legend Factor? Q Olha, eu curti, principalmente porque mostrou outro lado das meninas e a gente viu que elas cantam bem de verdade. Os falsetes e as harmonias não foram das melhores, mas eu acho que elas são o segundo melhor grupo e um dos melhores acts da temporada. Se não passarem, é golpe.

Fyhnen Sisters – “After The Storms Blows Through” (Maddie & Tae)

Eu nunca ouvi essa música na vida e parece que elas tão cantando songbook da Hannah Montana hahaha Eu AMEI a apresentação e AMO forte essas duas, meu act favorito, então não tem nem o que falar, né? Maravilhosas, lindas, fofas, bom gosto musical e têm a melhor mentora, já quero na final.

Por fim, temos os novinhos e, antes de eles se apresentarem, Blachman já divide eles em três duplas e diz que cada dupla compete entre si por uma das vagas. Claro que ele diz isso pra gente e não pros acts. Então, Mia e Liv, Rosa e Chili e Martin e Saliou são as duplas que competem entre si. Ou seja, eu já tenho certeza que o Blachman vai cagar e escolher exatamente os que eu não escolheria de cada dupla: Mia, Chili e Martin. HAHAHAHAHAHA

Mia – “Helplessly” (Tatiana Manaois)

Ela é ótima. Cantando as músicas dela. Essa apresentação foi, ao meu ver, BEM fraca. Ela tava cagando pra música, não se conectou de jeito nenhum e não fez a gente acreditar no que ela tava cantando. Achei que evidenciou uma falha enorme, que é a de conexão com a música. Pra mim, ela provou que não é tão boa com covers como é com autorais. Tinha hora que ela tava com uma cara de que tava ali obrigada, com sono e sem saco.

Liv – “All I Want” (Kodaline)

Tá vendo? Liv pode não trazer autorais, mas ela já se mostrou bem competente com covers. Se ela disputa diretamente com a Mia, ela ganhou (minha opinião) e de longe. Muito mais crível a apresentação. O timbre dela é lindo, a escolha de música foi maravilhosa e foi uma apresentação super correta. Espero que Blachman veja isso.

Martin – “Når Jeg Bliver Gammel” (Gnags)

Really? Na boa, esse garoto é, de longe, o pior act da categoria e não sei o que tá fazendo aí. Depois daquele 5CC boring e mal cantado, ainda chegar nessa etapa? Ridículo. Apresentação como ele, fraca, sem graça, sem nenhum star quality. GTFO.

Saliou – “Titanium” (David Guetta feat. Sia)

Nossa. Se eu reclamei de Chandelier, o que falar de Titanium, né? Batidíssima. Taí uma vaga desperdiçada. Já sabemos que um entre Martin ou Saliou vai pros Lives e só podemos lamentar. Torço pra ser o Saliou que é menos pior.

Rosa – “Read All About It” (Emeli Sandé)

Não foi a melhor música pra ela cantar, ao meu ver. Mas, nossa, que timbre maravilhoso <3 Essa menina é tão fofa, tão lindinha e tem uma voz tão incrível, que eu já sei que o Blachman vai eliminar. Porque ele é um bosta. Adorei a versão, amo ouvir a voz da Rosa e acho que ela tem uma presença tão adorável, que todo mundo tem vontade de torcer por ela. Quero muito ela nos lives.

Chili – “Magnetised” (Tom Odell)

Olha, eu acho que a Chili melhorou bastante desde aquela audição fraca. Mas ainda acho que falta muito. Falta se decidir como artista, melhorar a técnica (ela dá umas boas desafinadas às vezes) e tal. Acho que ela não tá pronta ainda. Diante das apresentações de hoje, eu levaria ela pros lives junto com Liz e Rosa. Mas, sabemos que não vai ser assim, então, entre ela e Rosa, eu prefiro a Rosa mesmo.

Com o fim das apresentações, acreditem, o programa acaba e diz que quem quer descobrir os selecionados para os live shows deveria entrar no site hahaha Que truqueiros. Então, agora que vocês já viram todas as apresentações, catem quem foram os escolhidos de cada categoria:

Over 23: Mike Beck, Samanta Gomez e Morten Nørgaard
Groups: Ladies With Attitude, Fyhnen Sisters e VKation
Under 23: Mia, Chili e Martin

Bom, gente, é isso. Mette deixando a gente orgulhoso e Blachman decepcionando. Nada novo. Desculpem a demora do recap e até o primeiro Live Show, no qual os acts cantarão músicas que os representam como artistas. BEIJOS <3