ESPECIAL: Eurovision Song Contest 2017 – Final, Parte 2

ItsTimeToFaceTheMusic2

Na época off de algum The X Factor, para movimentar por aqui, resolvemos fazer um especial sobre o Eurovision Song Contest, comentando sobre as canções classificadas para a Final. O Eurovision Song Contest, ou Festival Eurovisão da Canção, é um concurso anual de canções organizado pela União Europeia de Radiodifusão (European Broadcasting Union – EBU). Dele, participam os países cuja emissora nacional é membro associado da organização. (Fonte)

Neste ano a competição aconteceu em Kiev, na Ucrânia e aqui no site dividimos as 26 apresentações em dois posts especiais, neste primeiro sendo publicado nesta (Terça-Feira) (16) comentamos do 14º colocado ao 26º e no segundo post que será publicado na Quinta-Feira (18) do 1º colocado ao 13º. Vale lembrar que o site não tem nenhum vínculo com a competição e todos os comentários são de caráter pessoal de nossos comentaristas.

Como a BBC não disponibilizou os vídeos para outros países como o Brasil, aqui teremos os vídeos oficiais lançados por cada país, que ficou na conta oficial do Eurovision, assim como os áudios que foram disponibilizados na playlist no Spotify.

ESPECIAL: PARTE 2

#13 CROATIA: Jacques Houdek“My Friend” (128 pontos)

Julio: Essa é uma daquelas baladas wannabe da Celine Dion com o Il Volo. Eu achei isso tão boring e tão datado que olhe eu na metade do vídeo já estava cansadíssimo. Sem falar que o cantor é super fake. Não comprei nada, pra mim nada funcionou e nem merecia ta ai, linda.

Niv: A fórmula de uma música no Eurovision é essa aí mesmo: música apelativa. Mas essa combinação de lírico e baladinha não deu muito certo, né!? Chega na metade e eu já to cansado de tudo isso. Mas ainda é melhor que algumas músicas de 2017.

Rich: Muito simpático o moço e a música é totalmente um winner’s single, então se o Simon não fosse tão recalcado com o Eurovision, tá aí uma dica para o winner de 2017 ;P Olha, não é uma das melhores, mas foi melhor que muitos aí e achei a mescla interessante, uma parte lírica e outra não.

#12 FRANCE: Alma“Requiem” (135 pontos)

Julio: Eu amo a Alma, amo a música e amei mais ainda quando vi ela super fofa agradecendo ao Brasil em um vídeo e falando um português bem fofinho. Alma já morou no Brasil e já estudou na USP. Eu bem Nelson Rubens, mas isso não tá em julgamento. Acho a combinação voz e música bem maravilhosa. A apresentação foi super bacana e ela foi pimp, ou seja isso colaborou um pouco. Eu queria mais pra ela, pois sinceramente ela merecia.

Niv: França escolheu uma fórmula interessante pra 2017: música que não é apelativa mas que é super envolvente. Ambas as partes (em inglês e em francês) são gostosíssimas de ouvir e a melodia é agradabilíssima. Aposto que se a candidata de Extrema-direita tivesse vencido as eleições francesas ela estaria nesta posição. Ainda bem que não, ainda digo que merecia um Top 10.

Rich: Uma fofa e uma querida, uma música boa de ouvir e bem na fórmula Eurovision. Acho que se tivessem focado mais em fazer algo Ao Vivo com maior impacto e/ou produção, ela conseguiria um resultado melhor.

#11 THE NETHERLANDS: OG3NE“Lights and Shadows” (150 pontos)

Julio: QUEM FALAR MAL DAS MINHAS MENINAS VÃO APANHAR. EU AMEI tudo que elas fizeram tanto na semi final, quanto na final. Eu jurava que elas não passariam pra final e pra minha surpresa a Holanda foi o 4ª país na semi. No live da final elas estavam muito mais seguras e confiantes e cara, a sincronia delas é coisa de louco meu deus. No fim ainda teve o abraço e o choro delas, foi muito lindo. Sinceramente era meu top 02 e é minha música preferida da competição. Fiquei feliz que quando terminou os votos do juri elas estavam no top 05 e no televoto foi um flop sem limite. Ou seja, INJUSTIÇADAS DEMAIS.

Niv: A música me agradou mais ao vivo do que em estúdio, sendo bastante sincero. Não tem muito o que falar porque elas foram competentes e fizeram o requisito. Uma pena que o televoto empurraram elas pra fora do Top 10, não mereciam.

Rich: Amo esse grupo desde o The Voice Holanda *-* Acho uma das melhores músicas da competição e mandou beijos para quem não tem harmonia. Fiquei feliz que foram bem votadas pelos jurados e que conseguiram quase um Top 10, mas mereciam muito assim como a Lucie, ambas injustiçadas e merecedoras de melhor colocação. PS: Ouçam o álbum delas, tem no Spotify, muitas músicas lindas e harmoniosas *-*

#10 NORWAY: JOWST“Grab the Moment” (158 pontos)

Julio: Gente isso é um saco meu deus. Super apagado e avulso, chegou no top 10 e foi um dos poucos que eu nem lembrava que era depois que se apresentou. Tudo muito fraco, desde apresentação, a música. Sinceramente, não merecia.

Niv: Noruega escolheu a música mais radiofônica que escutei até agora. Eu particularmente gosto, mas há muito tempo que músicas desse tipo vencem o show. É boa, a letra é legal, a melodia é super pra cima e o Jowst segura bem os três minutos. Justo o Top 10.

Rich: Achei bem qualquer coisa, tá que é bem Eurovision e tal, mas sei lá, num comparado geral outras pessoas se destacaram mais e ele se deu bem mais por ser uma música num estilo que o povo gosta.

#09 AUSTRALIA: Isaiah“Don’t Come Easy” (173 pontos)

Julio: A PESSOA MAIS OVERRATED DA COMPETIÇÃO. Bicho, esse menino foi desastroso na semi 1 e na final até melhorou, mas nunca que merecia essa posição. Nem ai ele merecia tá, vi gente bem melhor que ele indo embora e foi de doer o coração (Beijos Georgia). Eu acho que em estúdio a música funciona muito mais que no ao vivo, foi um desastre puro, gosto nem de lembrar.

Niv: Eu acho muito ruim, desculpa. Tenho mais o que falar não.

Rich: Eu ADORO essa música, mas sejamos sinceros, depois daquela nota horrenda na semi-final o Isaiah chegar na Final foi porque o povo ainda deve tá amando a Dami Im, só pode. Se não fosse o erro da semi, ficaria ainda mais feliz por esse resultado.

#08 HUNGARY: Joci PápaiOrigo (200 pontos)

Julio: Socorro, eu que to me recusando de comentar agora. Muito ruim nivel master, não tem como gente.

Niv: Eu gosto dessa coisa mais conceitual, porém com uma melodia mais definida (Olá, Armênia). Mesmo que eu não tenha entendido bulhufas achei bem bom. A mensagem que o clipe oficial quer passar é bacana e apresentação na final foi bastante digna.

Rich: Tem quem goste, mas eu não gostei :x Achei bem “ok, tá”.

#07 ROMANIA: Ilinca ft. Alex Florea“Yodel It!” (282 pontos)

Julio: Eu amo isso e ao mesmo tempo odeio. Eu morria de rir dele cantando e do nada entrava ela cantando o négocio de cowboy lá, me lembrava muito cowboy sweetheart da Leann. Mas não merecia essa posição gente, a Europa tá doida.

Niv: Pra mim é tudo muito brega. Não sei como conseguiu um #7 com isso.

Rich: EU MORRO COM ESSE VÍDEO BREGA, MAS MORRO MAIS AINDA COM ESSA DELÍCIA DE MÚSICA HAHAHAHA Gente, amei a música, não sei se é guilty pleasure ou não, porém tá entre minhas favoritas. Confesso que choquei com essa colocação, só que né? Povo votando todo errado, aí não tenho como reclamar. PS: Adorei a garota e o moço ficou mais bonito no decorrer das etapas.

#06 ITALY: Francesco Gabbani“Occidentali’s Karma” (334 pontos)

Julio: Esse é o maior tombo do Eurovision 2K17. O Gabbani estava disparado nas casas de apostas em primeiro, era o frontrunner junto com a Belgica e simplesmente foi morrendo no meio do caminho. A performance dele foi bem esquecível. A música é um super hit, tanto que já tem 100 milhões de visualizações, mas olha, o Gabbani parecia que não queria estar ali e foi simplesmente ofuscado. Nem o macaco ajudou. Amo Occidentali’s Karma, mas o tombo foi muito saboroso.

Niv: Não entendi nem um pouco direito a proposta da Itália em 2017. É quase despretensioso o que eles tentaram fazer. A letra é bizarra, o clipe não tem sentido e a música não é boa. Ano maluco.

Rich: Fiquei surpreso quando me falavam que a Italia era favorita com essa música. Ok, que pode não ser horrível, mas pra ser favorita? Ri um pouco da apuração quando ela foi flopando, porque quando vemos grandes favoritos tombados dá até uma animação ao acompanhar. É uma música que dá pra balançar um pouco ouvindo e só.

#05 SWEDEN: Robin Bengtsson“I Can’t Go On” (344 pontos)

Julio: O Robin ainda ficou ofendido com o discurso do Salvador sobre músicas genéricas. A carapuça sempre serve né? Eu não vou mentir que fiquei seduzido pelos takes do Robin, ele sabia muito usar a câmera a favor dele, sabia exatamente tudo o que tinha que fazer e aproveitar da beleza dele né gente? Mas sério a música é MUITO ruim.

Niv: Suécia pode vim com qualquer coisa que vai pegar colocação boa. Esse ano a gente pode confirmar isso. É a música mais fraca dos suecos na década, de longe. O refrão é bem catchy mas como o resto da música não colabora fica essa coisa bagunçada. Gostei não.

Rich: Suécia, a Europa te ama, olha aí a prova! Achei completamente pop suéco e me lembrou os dois primeiro álbuns do Mans (também), mas essa música é fraquinha não curti nada.

#04 BELGIUM: Blanche“City Lights” (363 pontos)

Julio: Eu fui muito hater da apresentação da Blanche na semi, mas ela na final brilhou muito e mereceu muito a posição. A voz dela é super limitada e ela por vários momento parecia estar morta, mas era tão visivel uma dedicação e uma vontade de estar ali que ela compensou tudo na final. A música é linda gente, ela é maravilhosa e amei a colocação. Aprendi a amar a Blanche pós Eurovision.

Niv: Gente, é muito plágio!! Independente disso, a música é linda! Se você quer fazer uma coisa mais contida e com um clímax mais sombrio é assim que você tem fazer! Primeira música realmente boa que tivemos em 2017. Parabéns para Bélgica!

Rich: Gostei e nem faz muito meu estilo. Colocação merecida para um Eurovision louco, então foi lucro.

#03 MOLDOVA: Sunstroke Project“Hey, Mamma!” (374 pontos)

Julio: MEU GUILTY PLEASURE, NINGUÉM SAI. Amém televoto. Eu danço, pulo, canto, eu adoro essa música pois é super divertida e a melodia é super contagiante. Merecido os meninos com uma posição boa, foram muito bem.

Niv: Eu acho que essa é a melhor posição na história da Moldávia na história do Eurovision. Eu gosto. Não amo, mas gosto. Não sei se um terceiro lugar é justo, mas a Europa votou né, vamos ter que aceitar.

Rich: Um tipo de música que você escuta e fala: “Acho que já ouvi em algum lugar”. Ótima para dançar e se descontrair e não achei tão merecido assim esse Top 3, mas só de ter barrados um aí, gostei HAHAHA

#02 BULGARIA: Kristian Kostov“Beautiful Mess” (615 pontos)

Julio: Acho bem overrated, me julguem por isso. Mas ele manda super bem ao vivo e a música é legal, mas tiveram outros melhores.

Niv: Seria campeão em qualquer ano! Uma música dessa merecia o título. Uma pena que veio no ano do Salvador e não tem como comparar. Mas a música é LINDAAAAA! Uma escolha acertadíssima dos búlgaros nesse ano.

Rich: Quem diria que a melhor colocação de um Ex-X Factor desse ano seria da Bulgária né? Ele parece ter uns 12 anos, gente! Parece até mais novo do que o garoto da Irlanda demonstra ser LOL Gostei da música, e vendo quem ganhou, votaria fácil para vencer também. (Para os curiosos, ele ficou em segundo lugar na quarta temporada do X Factor Bulgaria)

#01 PORTUGAL: Salvador Sobral“Amars Pelos Dois” (758 pontos)

Julio: EU VIBREI, GRITEI, BATI PALMAS E sério, fiquei SUPER emocionado. A música é composição da irmã dele que é um amor de pessoa (inclusive eu amo a música na versão dela). É uma música sublime, sutil, envolvente e que te transporta pra um outro mundo com tamanha simplicidade que não dá pra falar. Salvador é um poeta e que sem dúvidas escreveu o nome dele e da Lu na história. Parabéns foi MUITO merecido.

Niv: Escutem a música e saibam porque Portugal ganhou esse ano.

Rich: Não gostei da vitória, serei odiado por toda a Europa e aqueles que subiram a tag “Salvadorable” quando ele venceu (Confesso que quero fãs que subam tags assim pra mim tb “Richamazing” e coisas do tipo HAHAHA). Ai gente, sei lá, achava tantas músicas com mais impacto melhores =/ Ele em seus méritos, mas pra mim não deu u.u

Gostou de alguma música? No Spotify vocês encontram a playlist oficial com as 42 canções representantes deste ano:

Até o ano que vem, com mais um Especial ;)